Home

Menu

Facebook Twitter Youtube Instagram


Compartilhe
EN | PT

Música

1

Coleção

Waters of March

(Antonio Carlos Jobim)

A stick, a stone, it’s the end of the road

É um resto de toco, it’s a little alone

It’s a sliver of glass, it is a life, it’s the sun

It is night, it is death, it’s a trap, it’s a gun

É peroba-do-campo, é um nó da madeira

Caingá, Candeia, é Matita Pereira

É madeira de vento, tombo da ribanceira

É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira

É a viga, é o vão, festa da cumeeira

É a chuva chovendo, é conversa ribeira

Das águas de março, é o fim da canseira

The foot, the ground, the flesh and the bone

Passarinho na mão, pedra de atiradeira

É uma ave no céu, é uma ave no chão

É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho

No rosto o desgosto, é um pouco sozinho

A spare, a spike, a point, a nail

A drip, a drop, the end of the tale

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando

É a luz da manhã, é o tijolo chegando

A mile, é o dia, a thrust, a bump

It’s a girl, it’s a rhyme, it’s a cold, it’s the mumps

É o projeto da casa, é o corpo na cama

É o carro enguiçado, é a lama, é a lama

A drift, ponte, a flight, rã

Resto, a quail, promise of spring

And the river bank talks of the waters of March

It’s the promise of life, it’s the joy in your heart

A stick, a stone, it’s the end of the road

É um resto de toco, é um pouco sozinho

It’s a sliver of glass, it’s a life, it’s the sun

É a noite, é a morte, é o laço, é o anzol

It’s the plan of the house, it’s the body in bed

And the car that got stuck, it’s the mud, it’s the mud

É o projeto da casa, é o corpo na cama

É o carro enguiçado, é a lama, é a lama

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no meu coração

And the river bank talks of the waters of March

It’s the end of all strain, it’s the joy in your heart

A stick, a stone, it’s the end of the road

É um resto de toco, it’s a little alone

It’s a sliver of glass, it is a life, it’s the sun

It is night, it is death, it’s a trap, it’s a gun

É peroba-do-campo, é um nó da madeira

Caingá, Candeia, é Matita Pereira

É madeira de vento, tombo da ribanceira

É o mistério profundo, é o queira ou não queira

É o vento ventando, é o fim da ladeira

É a viga, é o vão, festa da cumeeira

É a chuva chovendo, é conversa ribeira

Das águas de março, é o fim da canseira

The foot, the ground, the flesh and the bone

Passarinho na mão, pedra de atiradeira

É uma ave no céu, é uma ave no chão

É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão

É o fundo do poço, é o fim do caminho

No rosto o desgosto, é um pouco sozinho

A spare, a spike, a point, a nail

A drip, a drop, the end of the tale

É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando

É a luz da manhã, é o tijolo chegando

A mile, é o dia, a thrust, a bump

It’s a girl, it’s a rhyme, it’s a cold, it’s the mumps

É o projeto da casa, é o corpo na cama

É o carro enguiçado, é a lama, é a lama

A drift, ponte, a flight, rã

Resto, a quail, promise of spring

And the river bank talks of the waters of March

It’s the promise of life, it’s the joy in your heart

A stick, a stone, it’s the end of the road

É um resto de toco, é um pouco sozinho

It’s a sliver of glass, it’s a life, it’s the sun

É a noite, é a morte, é o laço, é o anzol

It’s the plan of the house, it’s the body in bed

And the car that got stuck, it’s the mud, it’s the mud

É o projeto da casa, é o corpo na cama

É o carro enguiçado, é a lama, é a lama

São as águas de março fechando o verão

É a promessa de vida no meu coração

And the river bank talks of the waters of March

It’s the end of all strain, it’s the joy in your heart

FICHA TÉCNICA

Red Hot + Rio (1996)

Fonograma gentilmente cedido por The Red Hot Organisation Rodrigo Amarante gentilmente cedido por Rough Trade Records

(P) 1996 The Red Hot Organisation

 

Voz - Marisa Monte

Voz e Guitarras - David Byrne

Baixo - Andy Hess

Mandolin - Davi Moraes

Gaita - William Galison

Wurlitzer, Programações e Baixo Moog - C-n-A

 

Produzido por Arto Lindsay, Andres Levin e Camus Celli

Gravado por Camus Celli e Patrick Dillet nos Svuga Svuga Studios e Platinum Studios (Brooklyn, NY)

Mixado por Patrick Dillet no Platinum Island Studios (NYC)

 

Gravação original produzida para o projeto beneficente Red Hot + Rio (Antilles/Verve Records/Universal Music/1996) www.redhot.org

 

Recorded originally for the HIV/AIDS awareness project Red Hot + Rio (Antilles/ Verve Records/Universal Music/1996) www.redhot.org